¿O que é Monero (XMR)?

¿O que é Monero (XMR)?


11 Dez 2018

Não é segredo para ninguém que centenas de criptomoedas foram lançadas no mercado nos últimos anos e que cada uma delas tem alcançado sucesso à sua maneira. Isso quer dizer que cada uma delas tem brilhado numa certa particularidade; umas por permitirem que o público veja todas as transacções, outras por oferecerem privacidade opcional ou por manterem-na como implícita. 

Então, o que tem tornado Monero tão popular? A resposta é muito simples: as suas características voltadas para a total privacidade dos seus utilizadores... mas isso não é tudo. É por isso que neste guia vamos explicar tudo o que está por detrás do mesmo e o que o torna tão especial.

A primeira coisa que precisa de saber é que é um sistema monetário, cuja premissa é a segurança dos seus usuários, a privacidade e o facto de o mesmo ser impossível de controlar. Para conseguir isso, Monero usa criptografia especial que, por sua vez, é responsável por garantir a confidencialidade de todas as suas transacções, a fim de impedir que as mesmas fiquem ligadas a um usuário.

Monero: O Que é e Como é que Funciona

p2p network

Monero (XMR) foi lançado em 2014 como cripromoeda criada através de blockchain e que opera como tal. Essas blockchains são livros públicos nos quais todas as transacções e actividades dos usuários que compõem a referida rede podem ser vistas. 

No caso da blockchain Monero, a mesma foi criada para esconder completamente a identidade dos seus usuários, disfarçando os endereços usados por eles. Quando você faz uma transacção, não será possível visualizar a identidade dos remetentes ou destinatários, nem o montante da transacção. 

Por outro lado, a mineração desta crioptomoeda é completamente diferente e baseia-se num princípio igualitário que estabelece que todas as pessoas são iguais e, portanto, merecem as mesmas oportunidades. Isso explica o facto de, durante o lançamento de Monero, os seus principais criadores e desenvolvedores não terem atribuído a conquista pessoalmente, uma vez que eles tinham contado para a contribuição e apoio de uma grande comunidade que permitiu que a moeda virtual fosse mais desenvolvida.

Assim, no seu processo de mineração, os mineiros obtêm recompensas pelas actividades que eles executam, juntando-se a uma piscina de mineração que lhes permita minerar colectiva ou individualmente. Além disso, o processo pode ser feito a partir de qualquer computador e com qualquer sistema operativo (Windows, MacOS, Linux, Android ou FreeBSD) sem a necessidade de instalar hardware especial, como o ASICs (Circuitos Integrados para Aplicações Específicas). 

Como é que Monero Tem Conseguido Melhorar a Sua Privacidade?

As assinaturas e os endereços furtivos foram a chave tecnológica que permitiu a privacidade imutável de Monero.

Essas assinaturas são as que permitem que o usuário que está a enviar a criptomoeda se mantenha anónimo face a outros usuários do grupo. Estas são as assinaturas anónimas que não revelam quem assinou a transacção. 

Para gerar essas assinaturas, Monero usa uma combinação de chaves da conta do remetente e associa a mesmas a outras chaves públicas que integram a blockchain, fazendo dela uma assinatura única e privada. Este processo permite que a identidade do remetente seja ocultada e torna impossível determinar qual foi a chave usada por um dos membros do grupo para que a assinatura complexa ocorra. 

Por seu turno, os endereços furtivos são responsáveis por fornecer ainda mais privacidade. Estes são gerados aleatoriamente para cada uma das operações que contenham o nome do destinatário, para esconder o seu verdadeiro endereço e, por sua vez, ocultar a identidade do destinatário.

Além disso, RingCT (Transacções Confidenciais) foi adicionado às características de Monero em 2017, para esconder o montante da transacção e tornou-se obrigatório para cada uma das transacções que ocorreram dentro da rede. 

Qual é a Diferença entre Monero e Bitcoin?

bitcoin vs monero

O Bitcoin foi a primeira criptomoeda criada e lançada no mercado em 2014. Trabalha com um protocolo que protege a identidade dos seus usuários através de pseudo endereços, ou seja, combinações geradas aleatoriamente com letras e números. 

A verdade é que, apesar de ser extremamente privados, todos os endereços e transacções de Bitcoin são registadas na blockchain, para que os mesmos possam ser vistos por qualquer usuário que pretenda fazê-lo. Mesmo os pseudo endereços mencionados não são inteiramente privados, uma vez que as transacções levadas a cabo por cada usuário poderão estar ligadas com o mesmo endereço e, consequentemente, o público, o governo ou qualquer outra pessoa, teria possibilidade de o ver. 

Outra vantagem que Monero apresenta face ao Bitcoin é a sua fungibilidade, o que significa que duas unidades de Monero poderão ser substituídas, mutuamente, e não existe diferença entre ambas. Por exemplo: se tiver duas facturas de $1, mesmo que elas tenham o mesmo valor, elas não são fungíveis, uma vez que cada uma contém um número de série único. O mesmo acontece com o Bitcoin.

Por outro lado, duas peças de ouro da mesma categoria e peso têm o mesmo valor e são fungíveis, desde que elas não tenham qualquer característica que as distinga. É assim que funciona Monero.

Finalmente, o Bitcoin regista cada uma das suas operações na blockchain e isso serve para detectar fraudes, jogos de azar ou roubos, nos quais uma certa quantidade de Bitcoin esteja envolvida. Se este for o caso, as contas envolvidas na actividade ilegal são bloqueadas, suspensas ou fechadas.

O histórico de transacções de Monero, por outro lado, não é rastreável. O que o mesmo oferece aos seus usuários é fazer parte de uma rede muito mais segura, na qual a retenção ou rejeição pelos outros usuários, que considerem que as suas moedas são de origem duvidosa, é impossível. 

Porque é que Monero Não Precisa de um ASIC?

asic monero

Os custos de fabrico de um ASIC para Monero seria muito elevado e, consequentemente, não valeria a pena. É por isso que se diz que ele, na verdade, não precisa disso.

No final de 2017, o principal produtor de hardware ASIC, Bitman, fez um anúncio no qual classificou que produziria uma hardware similar, para extrair o algoritmo CryptoNight e adivinhe... Monero é uma das criptomoedas seleccionadas que faz uso deste algoritmo e, como tal, eles decidiram fazer algumas alterações. Primeiro, eles actualizaram o seu algoritmo. Segundo, eles modificaram o protocolo de teste de trabalho.

O facto de Monero não precisar de um ASIC é a base da sua descentralização. De igual forma, como Monero indica no seu blog, a centralização começa quando os ASIC's são introduzidos no sistema, porque apenas algumas empresas são capazes de criar hardware dessa magnitude. Assim, se uma dessas empresas pretender implementar uma alteração, a plataforma poderia estar comprometida. 

É por isso que os principais criadores e a comunidade Monero estão constantemente a actualizar o algoritmo Hash, para evitar o uso de ASIC's, a todo o custo. 

Principais Desafios que Monero Enfrenta

A privacidade oferecida por Monero tem constituído a principal característica que atraiu muitos investidores... mas também trouxe alguns problemas. 

A privacidade e o facto de tornar as pesquisas impossíveis permitem que Monero seja usado para actividades ilícitas nos mercados nos quais as drogas e os jogos de oportunidade estão presentes. De facto, no mercados negros, tais como Oasis e Alphabay, tem havido um maior uso desta criptomoeda. 

Os hackers têm sido responsáveis pela criação de software que afecta directamente os computadores, conseguindo minerar Monero e enviá-lo para a Coreia do Norte. Assim, enquanto que a privacidade e a evasão da lei por Monero trouxe consequências benéficas, a mesma também apresenta elevados riscos que terão de ser estudados antes de realizar qualquer transacção. 

O Futuro de Monero

Não existe qualquer dúvida de que o futuro de Monero está projectado para ser ainda mais aberto e descentralizado, o que o torna uma criptomoeda ainda mais atractiva para aqueles que têm a privacidade como premissa. 

Além disso, sendo uma das poucas moedas que não foram criadas com base no Bitcoin, o seu potencial é ilimitado e o seu crescimento em tão pouco tempo provou isso. O seu futuro parece, verdadeiramente, risonho e atractivo para aqueles que procuram investir.

Como é que Pode Comprar Monero?

buy monero

A plataforma Monero recomenda que a melhor forma de adquirir os seus tokens XMR é adquirindo uma wallet Monero antes de efectuar a sua primeira compra. Isto deve-se ao facto de a plataforma operar com a sua própria wallet e isso, por seu turno, é compatível com muitos dos sistemas operativos. Depois, precisará de escolher o tipo de câmbio que pretende fazer, ou seja, se usará dinheiro fiat para efectuar a compra ou outra criptomoeda. 

É necessário ter em mente que a compra ou câmbio de criptomoedas envolve uma série de dificuldades. Por exemplo, o registo no mercado, a verificação da conta ou a possibilidade de confrontar-se com hackers que roubam os seus fundos. Além disso, e devido à alta volatilidade do mercado, você corre grandes riscos de perder dinheiro. Um dos exemplos mais claros poderão ser vistos com o Bitcoin e a depreciação do valor do seu token. 

Mas nem tudo é perda e a sua entrada no mercado das criptomoedas está mais perto do que aquilo que pensa, existe uma solução que lhe permitirá ganhar dinheiro, mesmo quando o preço das criptomoedas diminui: a CFD (Contrato para a Diferença). Estes permitem-lhe abrir posições longas e curtas, bem como oferecer-lhe alavancagem: investir montantes significativamente mais elevados do que aqueles que tem no momento. 

A Libertex oferece-lhe trading de CFD agora e completamente gratuito. Só precisa de se inscrever e receber uma conta demo gratuita na qual poderá praticar trading sempre que quiser, sem qualquer custo adicional. Caso não seja suficiente, a nossa base de conhecimento ajudá-lo-á a saber e dominar tudo aquilo que esteja relaccionado com o trading. Quando você começar, você começará a ganhar dinheiro real... Torne-se um trader com a Libertex agora!

 

Para trás

Negoceie com a Libertex!

Registe-se na Libertex e comece a negociar!

REGISTAR
Índice