Skip to main content

AMC Entertainment Holdings, Inc. (AMC)

A AMC Entertainment Holdings Inc. é uma holding que presta serviços de teatro e exposição através das suas empresas subsidiárias. Forma a maior cadeia cinematográfica do mundo, com 356 filmes na Europa (um total de 2.866 ecrãs) e 620 nos Estados Unidos (7.967 ecrãs). Em 2012, a empresa foi adquirida por $2.5 mil milhões do conglomerado Chinês Wanda Group, que investiu $500 milhões na modernização da cadeia de cinema. Em setembro de 2018, Silver Lake Partners adquiriu 32% das ações da AMC Entertainment Holdings Inc. por $600 milhões e conseguiu um lugar no conselho de administração da empresa.

Nesse mesmo ano, a AMC Entertainment começou a desenvolver o seu negócio online, oferecendo filmes digitais on-demand para alugar ou comprar. No entanto, nem o rápido desenvolvimento desta linha de negócios não compensou completamente as perdas sofridas pela cadeias de cinema tradicionais. As plataformas de entretenimento online mais bem-sucedidas, como a Nexflix, estavam a afastar os espetadores desses locais. 

Quando a pandemia do coronavírus começou, o destino da empresa piorou. No dia 18 de março de 2020, anunciou que iria encerrar todos os seus cinemas. No entanto, a AMC Entertainment modernizou os seus sistemas de filtração dos filmes e equipou-os com sprayers electroestáticos para desinfetar o ar. Quando as restrições da quarentena foram levantadas, as salas tradicionais foram reabertas. 

Em janeiro de 2021, foram feitas duas emissões adicionais, no montante de 50 milhões e 44.4 milhões de ações, respetivamente, para além dos 287 milhões de ações da empresa já pendentes. A Silver Lake comprou as novas ações em troca de um investimento de $500 milhões.

Oportunidades de negociação 

No dia 3 de junho de 2020, a AMC Entertainment anunciou que tinha "sérias dúvidas" sobre se a pandemia iria arrastar-se. Em outubro de 2020, a empresa declarou que "os recursos financeiros existentes serão em grande medida esgotados até ao final de 2020 ou início de 2021". 

No dia 4 de janeiro de 2021, as ações da empresa atingiram o seu mínimo histórico de $1,91. No entanto, à medida que as restrições do coronavírus terminaram e a receita começou a aumentar, o preço das ações da empresa começou a aumentar novamente. Nos primeiros 6 meses de 2021, o aumento foi superior a 20!

A sua volatilidade média intradiária na primeira metade de 2021 foi de 6,6%.