Skip to main content

Aviso de Risco: Os CFDs são instrumentos complexos e acarretam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido à alavancagem. 74,91% das contas dos investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este prestador. Deve ter em conta se compreende como funcionam os CFDs e se pode assumir o elevado risco de perder o seu dinheiro. Por favor, clique aqui para ler o nosso Aviso de Risco na íntegra.

74,91% das contas dos investidores a retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este prestador.

chinese-stocks

Desvanecer na China

Fri, 10/14/2022 - 21:04

Ainda há não muito tempo, os analistas de mercado e os economistas eram aparentemente unânimes nas suas convicções de que este século finalmente seria da China. Dizem que o território enorme do país, a população e a indústria poderiam ser incomparáveis. Portanto, isso deveria traduzir-se em enormes ganhos nas ações das empresas que conduzem esta conquista económica. Se o ano passado foi para esquecer, parece que não é o caso deste.

Esta semana, os cidadãos chineses voltaram das férias da Golden Week para encontrarem tanto o continente como as reservas de Hong-Kong ainda mais reduzidas naquilo que se tornou um arrastamento implacável em mínimas cada vez mais baixas. Na verdade, a Shanghai Composite (SSE) caiu quase 20% desde o início do ano até aos dias atuais, enquanto a Hang Seng caiu uns impressionantes 30% durante o mesmo período. Mas o que está a provocar esta aparente corrida para o fundo, e o que podem fazer traders e investidores para proteger ou até mesmo aumentar o capital durante estes tempos incertos?

Zero COVID = zero crescimento

Não temos dúvidas de que ouvimos todo o tipo de histórias de horror e absurdo associadas àquilo que se tornou a política mais maligna da China. As mais recentes chegaram no mês passado, uma vez que os responsáveis por confinamentos excessivamente zelosos impediram os residentes de Chendu de evacuar dos seus apartamentos em prédios de grande altitude durante um terramoto de magnitude de 6.8. No entanto, o impacto deste mantra mal orientado não se fez sentir para além da economia do país. Longe do alvo de atingir o seu objectivo de crescimento anual de 5,5%, o PIB Chinês contraiu 2,6% no 3º trimestre de 2022.

Entretanto, o desemprego nos jovens atingiu 19,3% em Junho deste ano, à medida que muitas empresas adiaram a contratação para novos cargos até à redução da incerteza relativa ao coronavírus. Tal como no Ocidente, os sectores do turismo e do lazer foram completamente dizimados pelos frequentes confinamentos nas cidades, e até mesmo a tecnologia e a indústria transformadora sofreram, devido ao consumo mais baixo que esta dor económica acarreta. A Baidu (BIDU), por exemplo, viu o seu negócio de marketing online diminuir 6,5%, com a Alibaba (BABA) a sofrer o mesmo declínio. Consequentemente, ambas as ações de renome caíram 27% e 38% desde o início do ano até à data, respetivamente.

A enfrentar as tensões geopolíticas

Entre os exercícios navais e as visitas oficiais a Taiwan, as relações entre os EUA e a China tornaram-se bastante tensas ultimamente. Embora a Secretária de Estado dos EUA, Antony Blinken, tenha tranquilizado o Ministro dos Negócios Estrangeiros Chinês, Wang Yi, dizendo que a política dos EUA "Uma China” não mudou, é fácil ver como Pequim pode interpretar as ações recentes de Washington como sinais em sentido contrário. Numa escalada em direção à guerra comercial travada contra a China e liderada pelos EUA, no início de outubro foram introduzidos controlos de exportação excessivamente draconianos, que impedirão as empresas chinesas de ter acesso às mais recentes ferramentas e componentes da fabricação de chips. O objetivo declarado desta política é impedir a China de desenvolver tecnologias da próxima geração de IA, e alguns já o chamaram de "ato de guerra económica". Agora, os EUA têm restringido a venda de certos componentes a sectores como o do SMIC (quase 20% menor desde o inicio do ano até agora) desde 2020, mas estes novo regulamentos agravaram ainda mais a queda.

Tendo em conta que Biden não excluiu a concessão de ajuda militar a Taiwan, se esta região optasse por declarar independência, não podemos ignorar a possibilidade de uma guerra indireta no futuro. Na verdade, num telefonema com o Presidente Biden, Xi Jinping deixou claro que "aqueles que brincam com o fogo morrerão queimados".

O que vamos fazer a seguir?

Embora as coisas possam parecer sombrias vistas daqui, ainda estão longe de todo o desespero e pessimismo para a segunda maior economia do mundo. O recente desempenho das maiores empresas de tecnologia de consumo do país pode parecer terrível, mas a boa notícia é que a potencial subida de Alibaba, Baidu e Tencent é praticamente ilimitada. Aos seus preços atuais de $75, $103 e $32, respetivamente, os ADRs destas gigantes Asiáticas assentam em níveis visitados em meados de 2010. Embora haja receio de saírem da bolsa, estas empresas são agentes principais em futuras indústrias, como a computação em nuvem e AI, que na nossa opinião, terá de gerar resultados económicos positivos a certa altura.

Além disso, por muito fortes que sejam as sanções dos EUA, são muito menos eficazes contra a China. Afinal de contas, a China tem um mercado interno de mais de um bilião de pessoas e mantém boas relações com outro mercado de dimensão semelhante na Índia. As sanções contra chips em particular têm de fato visto um crescimento da atividade da SMIC, e não a sua redução, com a procura a aumentar no interior da China e nos países em desenvolvimento, para aproveitar qualquer lacuna deixada pelos EUA. Tendo tudo isto em mente, poderíamos olhar para trás daqui a uma década e ver estes preços de ações como oportunidades de compra essenciais. Só o tempo o dirá.

Negocie CFDs sobre ações Chinesas com a Libertex

Libertex é uma corretora bem conhecida que oferece posições longas e curtas em CFDs como Alibaba, Tencent, Baidu e iShares China Grande ETF, para que possa ter uma palavra a dizer sobre o que acha que vai ser o mercado chinês. A Libertex também oferece uma ampla variedade de CFDs sobre matérias-primas, moedas, opções e até mesmo cripto, se o seu interesse em ações for pouco. Para mais informações ou para criar a sua conta, basta visitar www.libertex.com

Aviso de Risco: Os CFDs são instrumentos complexos e acarretam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido à alavancagem. 87.8% das contas dos investidores perdem dinheiro ao negociar CFDs com este intermediário financeiro. Deve considerar se entende ou não como é que funcionam os CFDs e se pode ou não sujeitar-se a correr o elevado risco de perder o seu dinheiro.