O que São a Alavancagem e a Margem no Forex?

11 Dez 2018

O que São a Alavancagem e a Margem no Forex?

Para perceber o que significam os conceitos de alavancagem e margem é necessário para aqueles que acabam de entrar no mundo dos investimentos Forex, para os mais experientes e para aqueles que escolheram operar noutros mercados financeiros.

Os novos usuários estão, muitas vezes, ansiosos por começar a operar, sem primeiro terem em conta a importância e o impacto que ambos os factores mencionados cima poderão apresentar no seu crescimento e futuro sucesso. 

Para investir e operar nos mercados da moeda, é necessário estudar em detalhe como é que a alavancagem e a margem funcionam. É por isso que, neste artigo, explicamos tudo acerca dos mesmos, incluindo como é que eles funcionam, para que possa colocá-los em prática, assim que possível.

O Que é Alavancagem?

O termo "alavancagem" refere-se à capacidade de operar ou operar com uma elevada quantia em dinheiro, sem usar o seu próprio dinheiro (ou usando um pequeno montante do mesmo). Ou seja, isto é feito através de um empréstimo. 

A alavancagem oferece uma oportunidade de correr riscos no mercado, aumentando o montante de dinheiro real que eles têm nas respectivas contas, para aumentar potencialmente qualquer lucro. Por exemplo, se um trader pretender usar a alavancagem de 1:10, isso significa que cada dólar que é exposto ao risco, na verdade, movimenta $10 no mercado. Desta forma, todos aqueles que desejem operar ou investir, usam a alavancagem para maximizar os seus lucros, em qualquer negociação ou investimento em particular. 

Nas operações que são levadas a cabo em Forex, a alavancagem em oferta é, em geral, a mais elevada disponível no mercado. De igual forma, as diferentes opções de alavancagem são estabelecidas pelo corrector e, consequentemente, poderão variar: 1:1, 1:5, 1:10 ou até números mais elevados. As correctoras são encarregadas de permitir que os traders ajustem (mais para cima ou mais para baixo) o nível de alavancagem, mas elas também definirão os limites. Por exemplo: a alavancagem que oferecemos na Libertex tem um máximo de 1:10. No entanto, os clientes tem a liberdade para seleccionar um nível de alavancagem inferior. 

Exemplos de Alavancagem

Exemplos de Alavancagem

As alavancagens são determinadas em proporções e, por isso, a alavancagem que atingirá será de 10:1. As alavancagens são determinadas em proporções e, por isso, a alavancagem que atingirá será de 10:1. Se a posição que abriu atingir $ 5100, você ganharia 100% do lucro, o que corresponderia a $100. A alavancagem, neste caso, permite que ganhe 10 vezes mais o capital com que começou. 

Agora, imagine que a sua alavancagem é 1:1 e você terá de chegar a $500.000. Uma alavancagem de 1:1 significa que o seu investimento de $500.000 também poderia aumentar para $501.000, mas há uma diferença... Você estaria a arriscar o seu investimento de $500.000 para obter um lucro de $1.000 e, como tal, o seu salário representaria apenas 0,2%.

A razão pela qual a alavancagem e o trading com Forex são tão populares tema ver com o facto de você não precisar de ter $500.000 para investir. Uma alavancagem de 1:1 não já não é atraente, quando o Forex oferece uma alavancagem de 10:1.

Agora, o que é a margem?

O uso da margem no trading com Forex é muito comum para muitos usuários, mas, ao mesmo tempo, existe uma grande confusão em torno do termo. A margem não é mais do que um depósito feito por um comerciante e que cumpre o papel de uma garantia que mantém uma posição aberta. Muitas vezes, a margem é confundida com uma taxa para o comerciante, mas não, a margem não representa o custo de uma transacção. 

Quando um trader decide operar com margem, ele deveria lembrar-se que o montante da margem que ele precisa de manter numa posição aberta dependerá do tamanho da posição ou do número de posições em aberto. Quanto mais elevado o número de posições, maior a margem necessária. 

Por outras palavras, a margem é uma quantia em dinheiro que é depositada de boa fé, para abrir uma posição junto do seu corrector e garantir a mesma em caso de perdas. 

O corrector usa a margem depositada para manter a sua posição. Isto basicamente deposita-a juntamente com as margens de todos os usuários e depois usa toda essa quantia para abrir as posições nos mercados de moeda. 

A margem é geralmente expressa como uma percentagem do montante total da posição. Por exemplo, a maioria dos correctores de Forex exigem uma margem de 0,25%, 1%, 2% ou até 5%.

Conforme mencionado anteriormente, há muita confusão em torno do conceito de margem. No entanto, existem termos diferentes que incluem esta palavra e que você deve conhecer para compreender de que trata cada um deles, nos explicamos esses termos aqui:

A exigência de margem é o mais usado e corresponde à quantia em dinheiro que o seu corrector exige para abrir a posição, é reflectida através de percentagens. Por outro lado, a margem da sua conta não é mais do que a quantidade total que você tem na mesma.

A margem usada é a quantia em dinheiro que o seu corrector usou para manter as suas posições abertas. Apesar deste dinheiro ainda ser seu, você não poderá usá-lo até que as suas posições sejam fechadas e o seu corrector o devolva ou até que ocorra um margin call. Por último, temos a quantia em dinheiro exigida pelo corrector a ser depositada na sua conta e mantenha as suas posições abertas, no caso de a margem exigida na sua conta cair abaixo do limite das perdas que você sofreu. 

Finalmente, existe a a margem usável, que se refere ao dinheiro que está na sua conta e que poderá usar para abrir novas posições no mercado. 

Quais são os riscos da alavancagem e da margem?

Quais são os riscos da alavancagem e da margem?

A alavancagem, apesar de ser benéfica para muitos usuários, também é uma faca de dois gumes, uma vez que tem chances de ganhar e de perder. No caso de alavancagem, o usuário tem mais dinheiro para usar e, portanto, fazer mais transacções e, como tal, se a operação for bem-sucedida, você pode aumentar o montante que pretende trocar e aumentar os seus lucros... mas o oposto também pode acontecer. 

Se as moedas envolvidas na alavancagem se moverem na direcção oposta ao investimento do usuário, a perda de dinheiro pode ser considerável. É aqui que reside o risco da alavancagem e a razão pela qual os traders são aconselhados a não arriscar mais do que aquilo que aceitam perder. 

Como é que eu posso minimizar estes riscos?

Anteriormente, nós comentámos que a margem é o montante em dinheiro que é depositado para abrir uma posição e que entra imediatamente em risco, dependendo das variações que ocorrem no mercado da moeda. No entanto, existem alguns métodos que irão ajudá-lo a reduzir esses riscos.

O primeiro método é o stop loss. Nesta ocasião, o trader selecciona uma taxa que indica o limite da perda de uma operação específica. Se a operação atingir essa taxa, a mesma irá parar automaticamente. Desta forma, você controla os seus investimentos e não perde mais do que aquilo que está disposto a pagar.

O segundo método é o take profit, que se assemelha ao stop loss. A diferença é que neste uma taxa de lucro é definida e pode ser modificada (mantendo a posição aberta) e permite que o trader controle a negociação sem a necessidade de observar regularmente as possíveis flutuações. 

É verdade que todo o negócio inclui riscos, mas existem maneiras de minimizá-los. O mais aconselhável é entender todos os aspectos e termos mencionados acima e que envolvem o mundo do Forex. Com eles você vai conhecer os melhores métodos e usar racionalmente a alavancagem e a margem, evitando perdas, aumentando assim os seus potenciais lucros. 

Se você decidir experimentar operações com alavancagem, a Libertex terá todo o gosto em oferecer-lhe as melhores condições. O nosso serviço CFD cobre uma ampla variedade de categorias de activos. Para os principiantes, nós temos o prazer de oferecer-lhe uma conta demo, através da qual você poderá praticar trading usando alavancagem, sem qualquer risco de perder dinheiro. Não espere mais!

Para trás