Skip to main content

Aviso de Risco: Os CFDs são instrumentos complexos e acarretam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido à alavancagem. 73,77% das contas dos investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este prestador. Deve ter em conta se compreende como funcionam os CFDs e se pode assumir o elevado risco de perder o seu dinheiro. Por favor, clique aqui para ler o nosso Aviso de Risco na íntegra.

73,77% das contas dos investidores a retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este prestador.

Forex vs CFDs
Forex vs CFDs

A diferença entre CFD e Forex: O que os iniciantes devem saber

A sigla "CFD" significa contrato para a diferença, que é um produto derivado para trocar a diferença de valor de um ativo subjacente.

O termo "forex" — também conhecido como negociação de moeda estrangeira, bolsa de valores ou a sua sigla "FX" — refere-se a câmbio estrangeiro ou a transações entre moedas.

Hoje, o forex é considerado o mercado de câmbio mais importante do mundo, com mais de $5 biliões negociados todos os dias. Os volumes combinados de todos os mercados bolsistas do mundo nem sequer se aproximam deste número. Dito isto, o mercado CFD também é bastante vasto. O número de clientes que negociam produtos CFD todos os meses atingiu 560.000 só no Reino Unido. Assim sendo, vale a pena olhar mais de perto os dois mercados.

Agora, parece que todos se depararam com uma troca de moeda de uma maneira ou de outra. O exemplo óbvio é quando as pessoas viajam para outro país e trocam a sua moeda pela do país local. Mas, quando se trata de negociação, há mais nuances a considerar.

Informações de fundo

Vamos começar a estabelecer as bases de negociação de moedas. O preço de cada moeda varia consoante a sua procura em relação a outras moedas. Por outras palavras: quanto maior for a procura de determinada moeda, maior será o preço e vice-versa. E quando acede a um mercado de moedas descentralizado, pode negociar todas as principais moedas do mundo. Estará ao lado de uma grande variedade de diferentes agentes de mercado, desde as maiores instituições financeiras do mundo que lidam com grandes transações em dinheiro até pessoas comuns que convertem alguns dólares aqui e ali. Mas todos têm o mesmo objetivo final — ou querem comprar uma moeda e depois vendê-la por mais do que pagaram, ou querem vender uma moeda e depois comprá-la de volta por menos dinheiro.

Quanto aos CFDs, são contratos com tempo limitado cujo valor deriva do desempenho do mercado de ativos, que podem ser pares de moeda ou outros ativos (ações, índices, matérias-primas, criptomoedas, etc.). Uma vez que a negociação CFD é uma forma popular de negociação de derivados, não compra os ativos em si, e é por isso que usamos o termo "ativo subjacente". Por exemplo, no caso de uma negociação de CFD EUR/GBP, não possuirá essas moedas. Em vez disso, só negoceia o seu aumento ou queda de preço num determinado período de tempo. Geralmente, a duração de um contrato abrange um período relativamente curto.

Para se juntar a todos aqueles que já estão a negociar nos mercados cambiais ou CFD, só precisa de um computador, uma ligação à internet e uma conta de negociação para concluir as suas transações. Claro, também precisará de aprender como funciona a negociação e prática de CFD. 

Como funciona a negociação com forex?

Funciona Forex Trading

O objetivo da negociação com forex é especular sobre as alterações de valor de uma moeda em relação a outra. Pode fazer isso ao comprar uma moeda e vendê-la por um preço mais alto ou vendendo-a primeiro e comprando-a novamente por um preço mais baixo.

Para entender como funciona na prática, é necessário entender exatamente o que é um par de moedas. As moedas são cotadas em relação a outras moedas. Se comprar Euros (EUR), o preço que paga depende quer esteja a trocar Dólares Americanos (USD), Libras esterlinas (GBP) ou outra moeda para esses Euros.

Um par de moeda consiste numa moeda base e uma contra-moeda ou moeda de referência. A moeda base é a primeira moeda na cotação, e a contra-moeda é a segunda. A contra-moeda é a moeda de referência, na qual a moeda base está a ser cotada.

Consideremos um exemplo da cotação do EUR/USD em 1.1017-1.1019. Neste exemplo, o EURO é a moeda base, e o USD é a moeda de referência. O preço do Euro está a ser cotado em USD. Assim, pagaria 1.1019 USD para comprar 1 Euro. Se quisesse vender 1 Euro, receberia 1.1017 USD.

Para a maioria dos pares, a moeda mais líquida é geralmente cotada em primeiro lugar. No entanto, quando o dólar está emparelhado com a libra esterlina, o euro, o dólar neozelandês ou o dólar australiano, o dólar é negociado em segundo lugar.

Se a moeda base é uma moeda estrangeira, a cotação é conhecida como cotação direta. Se a moeda base for a moeda nacional, a cotação é conhecida como cotação indirecta.

Os pares de moedas são divididos em três categorias:

  • Os pares de moeda mais negociados no mundo são conhecidos como principais. Incluem EUR/USD, USD/JPY, GBP/USD, AUD/USD, USD/CHF, NZD/USD e USD/CAD. Repare que todos estes pares incluem o USD.
  • Os pares de moeda que incluem duas das moedas listadas acima mas não o USD são conhecidos como pares de moedas menores. Estes pares também são conhecidos como pares ou cruzamentos entre moedas. Exemplos incluem EUR/GBP, AUD/JPY e GBP/CAD.
  • Os pares de moeda exóticos incluem uma moeda principal e uma outra. A segunda moeda é normalmente a moeda de um país em desenvolvimento como a Turquia, a Tailândia ou a África do Sul. No entanto, as moedas exóticas também incluem as moedas de nações bastante desenvolvidas, como Singapura e Hong Kong.

Um aspecto importante da negociação com forex é a liquidez. Se dois países têm uma relação comercial saudável, o par da moeda com as duas moedas respetivas deve ser muito líquido. Por outro lado, um par de moedas que inclui as moedas de dois países que não têm relações comerciais pode ser ilíquido.

Os pares de moeda principais e menores são os mais populares para operar devido aos altos níveis de liquidez. Esses pares podem ser negociados em qualquer período de tempo, já que o spread é reduzido. Os pares exóticos podem ser negociados, mas exigem movimentos de preços superiores para cobrir os custos de negociação. Isto significa que vai precisar de elevados níveis de volatilidade ou de um período de tempo mais longo.

Como funciona a negociação CFD?

O que é um CFD?

Conforme mencionado, a negociação CFD permite especular com os aumentos e com as quedas de mercados financeiros em rápida evolução (ou instrumentos), tais como ações, índices, matérias-primas, moedas e outros ativos líquidos. Mas ainda não explicámos como se processam as transações.

Quando entra numa transação CFD, compra ou vende um número de unidades do instrumento financeiro escolhido, dependendo da direção em que acredita que o preço se moverá no futuro. Se acha que o preço do ativo subjacente vai subir, entrará numa transação longa. Se acreditar que o preço vai cair, vai entrar numa transação curta. Por cada ponto que o preço do ativo subjacente se mover na direção esperada, ganha múltiplos do número de unidades de CFD compradas ou vendidas anteriormente. Se o preço se mover na direção oposta ao esperado, vai sofrer uma perda.

No caso dos CFDs de pares de moeda, uma posição longa significa que está a comprar a moeda base, e que efetivamente fica aquém da moeda de referência. O preço aumentará se a moeda de base fortalecer ou se a contra-moeda enfraquecer. Vai lucrar se fechar a posição a um preço mais alto (este é o melhor cenário e não é garantido).

Se abrir uma posição curta, está a vender a moeda de base e a comprar a moeda de referência. O preço cairá se a moeda de base enfraquecer ou se a contra-moeda se reforçar. Pode obter lucro ao fechar a posição a um preço mais baixo (mas isso também não é garantido).

Também vale a pena mencionar que os CFDs fazem parte de um grupo de produtos financeiros derivados que permitem o uso da alavancagem. No entanto, os traders devem ter alguma experiência anterior no uso de alavancagem antes de testá-la com CFDs, já que os lucros ou perdas poderão exceder consideravelmente o montante investido.

Exemplo de compra de um CFD sobre um par de moedas

Deseja comprar unidades CFD de EUR/GBP (0.8480/0.8490) no valor de €20.000, esperando que o instrumento subjacente suba. Vamos supor que o corretor tem uma taxa de margem de 3,24% no EUR/GBP. Deve então depositar 3,24% do valor total da posição como margem de posição para abrir a transação. Nesta transação, a sua margem de posição será: (3.24%*(20,000*0.8485)) = £549.82

Se adivinhar o movimento do preço corretamente:

Imaginemos que ao longo da próxima hora o preço aumenta 50 pontos. Neste caso, vai ganhar: £20,000*0.0050 = £100

Se adivinhar o movimento do preço incorretamente:

Se o preço cair 50 pontos, perderá £100.

Exemplo de venda de um CFD sobre um par de moeda

Neste cenário, espera-se que o valor do EUR/USD (1,0680/1,0690) caia, talvez devido a alguma turbulência económica na Europa. Quer vender unidades de CFD no valor de €20,000.

Os cálculos são semelhantes, em que a margem de posição é de 3,24% do valor total da transação: (3.32%*(20,000*1.0685)) = $709.48.

Se o preço subir 50 pontos, ganhará $100. Se o preço subir 50 pontos, perderá $100. Lembre-se que nestes exemplos poderá perder mais do que aquilo que deposita. 

Tipos de estratégias de negociação para forex e CFDs

Jogo de xadrez no tabuleiro da bolsa

Existem várias abordagens para analisar e negociar pares de moedas e CFDs sobre pares de moedas:

  • A análise fundamental considera a diferença entre as economias de dois países e como é que isso poderá afetar a força relativa de cada moeda. Isto inclui taxas de juro, oferta monetária e saldos de transação.
  • A análise técnica considera a ação do preço do par. Gráficos, indicadores de preços e níveis de suporte e resistência são usados para identificar potenciais pontos de entrada.
  • Os traders também usam notícias, sentimento do mercado e algoritmos.
  • As estratégias de scalping fazem previsões sobre os movimentos do preço de curto prazo que podem durar segundos ou minutos.
  • Os day traders usam a análise técnica para identificar transações que demoram entre minutos e horas. Eles fecham todas as posições no fim do dia.
  • Os swing traders mantêm as posições durante alguns dias, na esperança de haver mais alterações de preços.
  • Os traders de posição e as flores de tendência mantêm as posições por alguns anos. Seguem as grandes tendências ou os gráficos dos preços de negociação.

Terminologia chave 

Antes de prosseguirmos, vamos focar-nos em termos e conceitos necessários tanto na negociação com forex como na negociação CFD forex.

Tamanhos do lote e como calcular o tamanho da posição

Um dos aspectos mais confusos da negociação com forex e do CFD forex está no cálculo do tamanho de uma posição. A dimensão de uma posição, que é a dimensão da sua exposição ao mercado, depende do preço negociado, do tamanho do lote e do número de lotes.

Então, o que é um lote? Um lote é a dimensão da transação padronizada para as moedas. Um lote corresponde a 100.000 unidades da moeda de base. Assim, se comprar 1 lote de EUR/USD por 1.1019, vai estar a comprar 100.000 EUR e pagar 110.190 USD.

Também pode negociar lotes mais pequenos:

  • Os mini lotes correspondem a 10.000 unidades da moeda de base
  • Os micro lotes correspondem a 1.000 unidades da moeda de base
  • Os nano lots correspondem a 100 unidades da moeda de base

O que quer dizer spread?

o spread é a diferença entre o retorno das ações

Ouviu certamente a palavra "spread" ser interminavelmente utilizada em relação aos mercados financeiros, mas conhece o seu significado?

Bem, na maioria dos mercados financeiros há três preços: o preço de mercado, o preço de compra e o preço de venda.

O spread é usado para referir-se à diferença entre a oferta (ou venda) e os preços da procura (ou compra) e é usado para todos os ativos e seus derivados.

Em suma, o spread é a diferença entre o preço de venda e o preço de compra.

Spread

Na margem gráfica, pode ver o preço pelo qual pode comprar a primeira moeda e depois compará-la com a segunda moeda.

Suponhamos que o preço de venda do EUR/USD é 1.300. Se quiser comprar €1, deve pagar $1.30. Por conseguinte, seria aconselhável fazer a compra se acreditar que o EUR vai aumentar face ao USD. Por outras palavras: só deve comprar se achar que poderá vender esse €1 por um valor superior aos $1.30 que pagou.

Se quiser vender, o gráfico mostrará o preço ao qual poderá vender a primeira moeda face à segunda.

Se o preço de venda do EUR/USD for 1.300, poderá vender €1 a esse preço. No entanto, só é aconselhável vender se achar que o preço do EUR irá cair em relação ao dólar Americano. Assim sendo, poderia comprar o mesmo euro por menos que os $1.30 que pagou quando abriu a posição.

O que é um pip?

conceito de negócios de finanças em pontos percentuais de pip

Um pip — abreviação de ponto em percentagem — é uma medida muito pequena de alteração de um par de moedas. Pode expressar-se tanto em termos do preço cotado como em termos da moeda subjacente. Um pip é uma unidade padronizada e é o menor valor pelo qual o preço cotado de uma moeda se pode alterar.

Se vir que o preço do par EUR/USD aumentou de 1.3600 para 1.3650, isto pode ser descrito como um aumento de 50 pips. Assim sendo, se comprou por 1,36 e depois vendeu por 1,3650, o seu lucro é de 50 pips. É claro que isto é só um exemplo.

O lucro ou perda real que obtém dependerá da quantidade de moeda que comprou. Por exemplo, se comprar micro lotes (1.000 unidades) e negociar com uma conta denominada em dólares Americanos, o valor da pip será de $0.1. Assim, se o seu lucro/perda foi de 50 pips, ganhou/perdeu $5. No caso de ter comprado mini lotes (uma unidade de 10.000), o valor do pip aumentará/cairá para $1, fazendo com que os seus lucros/perdas sejam de $50. Da mesma forma, quando compra um lote padrão (100.000 unidades), o valor do pip aumenta/cai para $10, o que equivale a uma perda de $500.

O mesmo valor do pip será aplicado a todos os pares em que o dólar Americano apareça em segundo lugar. No entanto, se estiver listado como primeira moeda, o valor do pip será diferente. Para calcular este novo valor do pip, divida o valor normal do pip pela taxa de câmbio atual. Por exemplo, se o seu par de moeda for USD/CHF, deve dividir $0,10 (valor do micro lot) por 0.9435 (a taxa de câmbio atual para o CHF) para obter $0,1060 (novo valor do pip). Se o JPY fizer parte do seu par, como em USD/JPY, deve seguir os mesmos passos e depois multiplicar o resultado por 100 no final.

O que é a alavancagem?

Negociação com alavancagem 

 

Alavancagem significa, essencialmente, usar algo pequeno para controlar algo maior. No caso específico da negociação forex, significa ter uma pequena quantidade de capital na conta que usa para controlar uma quantidade maior noutras partes do mercado.

Por exemplo, se lhe for oferecida uma alavancagem de 1:100, significa que pode negociar com 100 vezes mais do que o valor do seu depósito inicial. Isto significa que se quiser investir em 100.000 EUR/USD, agora só precisa de €1.000. No entanto, estes tipos de transações acarretam riscos muito mais elevados. Suponha que está a usar alavancagem de 1:100: as suas perdas podem ser multiplicadas por um fator de 100. Portanto, faça isto apenas se tiver certeza absoluta.

Prós e contras do uso da alavancagem

  • +Aumenta o lucro potencial

A primeira, e provavelmente a mais importante vantagem de negociar com alavancagem, é que oferece o potencial de ganhar mais se o mercado se mover a seu favor. 

  • -Aumenta as perdas potenciais

Dentro do mesmo espírito, os resultados da negociação também podem aumentar se perder. Por isso pode perder muito mais do aquilo que deposita inicialmente.

  • +Aumenta a eficiência do capital

Veja desta forma: se demorar dois dias para gerar £100 com posições sem alavancagem, vai demorar muito menos com a alavancagem para alcançar o mesmo resultado. Isto significa que o capital pode ser mais reinvestido (só se tiver negociações vencedoras).

  • -Aumenta a exposição da sua conta ao risco

As posições alavancadas não estão limitadas ao valor da sua transação e ao saldo da sua conta de negociação. Assim sendo, a sua corretora poderá bloquear o seu saldo de negociação até que cumpra o requisito de margem estipulado.

  • +Mitiga a baixa volatilidade

Outra vantagem fundamental da alavancagem, especialmente quando se trata da negociação de moedas, é que ela tem o efeito de mitigar a baixa volatilidade. E uma vez que os mercados voláteis se movem em ciclos mais largos do que os instrumentos estáveis, poderá ser benéfica para os especuladores.

  • -Envolve mais taxas

Estará sujeito a taxas de empréstimo e a uma taxa de margem que poderá eliminar os seus lucros (assumindo que obtenha algum, o que também não é garantido).

Bulls e bears: Posições longas vs posições curtas

 Bull e bear

Os termos "bull" e "bear" são usados para identificar os dois tipos de traders que encontramos no mercado de câmbio.

Não surpreendentemente, os bulls são mais comuns em mercados de alta. São optimistas e esperam que o preço aumente, e é por isso que abrem posições longas. Uma posição longa nos mercados forex ou CFD forex refere-se à compra de um par de moedas, na esperança de que ele suba.

Por outro lado, os bears costumam residir em mercados em baixa, onde os traders são pessimistas e esperam que os preços caiam, optando por abrir posições vendidas. No que diz respeito ao forex e aos CFDs forex, as posições curtas são abertas quando o trader vende um par de moedas ou um contrato para o par, esperando que o valor caia.

Como aprender a negociar forex e CFDs

Trader em ação

Qualquer tipo de negociação requer uma aprendizagem contínua. Mesmo que já tenha alguma experiência, existem sempre áreas nas quais poderá melhorar as suas habilidades. 

Pode começar com uma conta demo (que pode usar gratuitamente com a Libertex), e quanto mais praticar, menos desafiantes serão os novos mercados. Algumas das lições mais importantes que vai aprender estão ligadas às suas reações quando ganha e perde dinheiro. Assim sendo, é boa ideia mudar para uma conta real após experimentar as altas e baixas de uma conta demo e sofrer as suas primeiras perdas, embora num ambiente prático.

Para melhorar a sua negociação, pode ler livros sobre análise técnica e análise fundamental, estratégias e muito mais. Também vale a pena aprender sobre economia e políticas monetárias, dado que ambas afetam os valores das moedas. Há também muitos vídeos e artigos educativos sobre estes tópicos disponíveis online.

Finalmente, deve manter um diário, definir objetivos e acompanhar o seu progresso. Quanto mais sistemático for no processo de aprendizagem, mais eficiente será.

Principais diferenças entre forex e CFDs

Vamos finalmente destacar as diferenças mais notáveis entre os instrumentos em questão. Confira a tabela abaixo.

Forex vs CFD

 

Forex

CFD

Seleção de instrumentos

Limitado apenas a moedas

Uma ampla variedade de ativos subjacentes

Tamanhos dos contratos

Uniforme entre diferentes moedas

Variações dependendo do conteúdo subjacente (lotes, ações, onças, etc.)

Valor do contrato

Na moeda de cotação

Na moeda do contrato

Como as transações são liquidadas

Através da entrega de um montante definido de moeda de base

Definido em dinheiro com base na diferença de preço de abertura/fecho

Influências de mercado

Fatores fundamentais, como eventos macroeconómicos globais e fatores económicos

Fatores que afetam o instrumento que está a ser negociado, geralmente oferta e demanda

Custo de negociação

Depende do spread

Depende do spread + condições de negociação de uma determinada transação

Prós e contras da negociação com forex

  • +Alta liquidez

O Forex é o mercado mais líquido do mundo, com um volume de negociação superior a $5 biliões. Isto significa que pode abrir e fechar mais posições do que noutros mercados menos líquidos.

  • +Baixa volatilidade

Há menos variáveis que afetam a diferença de preço entre duas moedas.

  • +Disponibilidade 24 horas

O Forex está aberto 24 horas por dia, 5 dias por semana e, como tal, não terá que programar as suas transações de forma tão diligente como nas ações. 

  • +Difícil de manipular

O mercado FX é suficientemente grande para que nenhuma entidade possa controlar o preço de mercado durante muito tempo.

  • -Riscos do mercado

Todos os instrumentos de negociação estão sujeitos a numerosos riscos de mercado. Os fatores políticos, económicos e geopolíticos podem contribuir para uma maior volatilidade, o que pode tornar a negociação difícil e pouco rentável.

  • - Intervalos semanais

Como os mercados de moeda negociam 24 horas por dia, os traders de forex não têm de preocupar-se com os intervalos noturnos que ocorrem noutros mercados. No entanto, os mercados forex fecham aos fins-de-semana, o que pode resultar em disparidades de preços. Os traders de Forex devem ser cautelosos ao manter posições durante os fins de semana.

  • -Riscos da contra-moeda

O Forex não é negociado em bolsas centralizadas, como as ações e outros instrumentos. Isto significa que há menos negociação em excesso e os comerciantes podem não ser protegidos se uma corretora se tornar insolvente.

  • -Riscos regulatórios

Os corretores Forex são regulados por vários organismos reguladores que dependem do país no qual o corretor tem sede. Os traders devem confirmar sempre se o seu corretor está certificado por um regulador conceituado.

Prós e contras da negociação CFD

  • +Ampla variedade de mercados

Os CFDs oferecem a capacidade de funcionar em diferentes mercados financeiros a partir de uma conta. Muitos corretores que lidam com estes instrumentos oferecem CFDs baseados em moedas, ações de diferentes mercados de todo o mundo, bem como outros tipos de instrumentos financeiros como ouro, prata, petróleo, índices de ações, setores, matérias-primas, obrigações do tesouro, moedas, etc. Isto permite que os traders diversifiquem e façam cobertura.

  • +O acesso aos ativos não está disponível na sua região

Os CFDs permitem ter uma exposição global a vários mercados, mesmo se não for permitido negociá-los diretamente na sua região. A exposição e a diversidade mundiais não são lacunas, mas sim características afortunadas. 

  • +Horas de negociação

Muitos corretores oferecem aos seus clientes horas alargadas, o que significa que podem trabalhar com certos instrumentos ou mercados, como o FTSE e Dow, mesmo após o mercado subjacente ter fechado o dia.

  • +Flexibilidade

Os traders podem trabalhar pelo tempo que quiserem: os CFDs não têm uma data de maturidade fixa. Também não existe um tamanho de contrato definido, o que significa que os traders podem trabalhar com volumes de qualquer tamanho.

  • -Liquidez variável

Os preços dos CFDs são um reflexo direto do que acontece no mercado subjacente. Assim sendo, se escolher um ativo com baixa liquidez, o instrumento não vai mudar isso.

  • -Falta de titularidade

Os traders podem possuir o contrato mas não o ativo, o que pode significar a perda dos benefícios da titularidade. É menos relevante para as moedas, mas altamente relevante para ativos como ações e índices. 

  • -Risco de sobrenegociação

Como os CFDs apresentam barreiras de entrada mais baixas (ou seja, um menor compromisso de capital) em comparação com alguns ativos subjacentes, os traders poderão cair na tendência de negociar em excesso. Isto pode levar a decisões imprudentes e perdas maiores. 

Que instrumento de negociação deve escolher?

No que diz respeito a negociação forex vs negociação CFD, não há nenhuma resposta definitiva sobre o melhor instrumento. Existem muitas diferenças a nível técnico, bem como muitas outras semelhanças. Antes de escolher qualquer direção, é importante que pesquise e pratique em ambas as direções, para ganhar uma experiência de negociação mais próxima da real. Podemos compreender como certos instrumentos funcionam em teoria, mas temos uma opinião completamente diferente sobre eles quando os vemos em ação. 

Geralmente, a negociação de mercados e instrumentos altamente líquidos é uma boa introdução à negociação. Assim sendo, se for iniciante, o melhor é passar algum tempo a negociar pares FX ou CFDs sobre instrumentos líquidos. Mas fora isso, não há diretrizes claras a seguir. Terá de tentar encontrar o tipo de instrumento que melhor se adapta à sua personalidade, ao nível de habilidade, ao capital, à tolerância ao risco e aos objetivos.

Não é incomum os traders trabalharem com vários instrumentos ao mesmo tempo. Assim sendo, talvez não precise de escolher entre forex e CFDs. Pode encontrar uma maneira de usar os seus pontos fortes e minimizar as suas fraquezas. Mas lembre-se de que não há como fugir do risco de perda, independentemente dos instrumentos. 

Como começar a negociar forex ou CFDs forex?

Independentemente do lugar que ocupe no debate CFD vs forex, siga estes princípios fundamentais:

  • Os traders com experiência limitada em CFDs de forex ou forex devem escolher pares de moeda com elevados volumes de negociação. Geralmente, normalmente incluem as moedas das maiores economias do mundo, como Estados Unidos, União Europeia, Reino Unido, Japão e Suíça.
  • Acompanhe todos os eventos económicos que possam afetar os seus ativos/ativos subjacentes. As moedas podem ser influenciadas por coisas como lançamentos de dados macroeconómicos sobre as principais economias mundiais e decisões económicas tomadas pelos seus bancos centrais emissores. Conhecer estes tipos de desenvolvimentos pode dizer muito sobre a força ou a fraqueza das suas moedas.
  • Defina uma agenda de negociação. As horas ideais para negociar são quando os volumes são mais altos. Eles geralmente coincidem com os horários de abertura e fecho das negociações nos principais mercados de câmbio, como por exemplo, Nova Iorque, Londres e Tóquio.
  • Utilização da análise técnica. Este tipo de análise envolve o uso de gráficos para estudar tendências de preços atuais e antecipar tendências futuras.
  • Se vai usar a alavancagem, faça-o adequadamente. Por exemplo, é necessário estabelecer um stop-loss, que é um nível de perda controlável para cada transação. Dessa forma, pode evitar algumas perdas ao fechar uma posição que não correu como esperado.

O próximo passo é criar a sua própria conta de demonstração forex gratuita. Depois de ter uma conta, pode praticar a escolha de pares de moedas ou CFDs nos ativos que deseja e abrir negociações virtuais. À medida que aprende novas estratégias gradualmente, vai estar mais preparado para começar a negociar com dinheiro real. No entanto, quando entrar na fase da negociação real, lembre-se que até os traders experientes sofrem perdas, e que deve sempre aplicar estratégias adequadas de gestão de risco e do dinheiro. 

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes

O que quer dizer forex?

Forex é a abreviação de "câmbio estrangeiro" e envolve a troca de qualquer moeda por outra moeda.

O que é o forex e como funciona?

Os termos forex, negociação forex e intercâmbio de moedas referem-se à negociação de moedas. O Forex não é negociado numa bolsa como as ações, mas em mercados 'sobre o balcão' (OTC). Isto significa que as transações cambiais têm lugar diretamente entre bancos e outras instituições. Os negociantes Forex poderão aceder ao mercado forex através de plataformas fornecidas pelos corretores.

O que significa CFD?

CFD significa contrato para a diferença.

O que são CFDs e como funcionam?

Os CFDs são instrumentos financeiros derivados, o que significa que não possui o ativo subjacente que está a negociar, mas pode especular sobre o seu valor. Neste acordo, o trader paga a diferença de preço de liquidação entre as transações abertas e fechadas, que poderão mover-se a favor ou contra.

Qual é a diferença entre forex e CFDs?

O Forex inclui apenas moedas, enquanto os CFDs (contratos para a diferença) incluem outras classes de ativos como ações e matérias-primas, bem como moedas. Assim sendo, pode negociar forex diretamente ou negociar CFDs sobre pares forex.

Como posso aprender mais sobre negociação com forex ou CFD?

Há muitos tutoriais e vídeos gratuitos online. Uma boa forma de começar é ler o blog da Libertex com conteúdo educacional e praticar na conta demo

A negociação é difícil?

Depende de quanto tempo e esforço dedica à aprendizagem. É claro que será um desafio, mas o processo deve tornar-se mais fluido à medida que encontra o estilo de negociaçãoque funciona para si e desenvolve a sua abordagem de negociação.

Porque falham os traders?

A maioria dos traders falha quando tentam ter um sucesso de um dia para o outro e não gerem a exposição ao risco de forma correta. 

A negociação com Forex é um esquema?

Não, o mercado da moeda é legal e é, de facto, o maior mercado financeiro do mundo. No entanto, existem corretores forex e plataformas de negociação fraudulentos, portanto deve garantir que a plataforma escolhida é fiável e está licenciada.

A negociação com forex ou CFD de forex é ilegal?

Cada país tem regulamentos diferentes relativos à regulamentação dos corretores e ao montante da alavancagem disponível para os clientes de retalho. No entanto, alguns proíbem uma forma de negociação mas não a outra. Por exemplo, a negociação CFD é ilegal nos EUA, o que significa que os CFDs sobre forex não estão disponíveis para os cidadãos dos EUA. No entanto, o próprio forex é legal nos Estados Unidos.

A negociação é segura?

Qualquer negociação implica risco. O montante que pode perder depende da sua própria gestão de riscos e da sua disciplina. Dito isto, a negociação com corretores não regulamentados não é segura, independentemente da sua gestão de risco.

Como é que o forex é tributado?

A forma como a negociação com forex é tributada varia de país para país. Na maioria dos casos, os traders de forex têm de pagar impostos sobre os ganhos de capital sobre qualquer coisa que fazem.

Porquê negociar com a Libertex?

  • Obtenha acesso a uma conta demo gratuita, livre de taxas. 
  • Aproveite o suporte técnico de um operador, 5 dias por semana, das 9:00 às 21:00 (Hora da Europa Central).
  • Use um multiplicador de ate 1:30 (para clientes de retalho.
  • Opere numa plataforma para qualquer dispositivo: Libertex e MetaTrader.
Para trás